1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer
Last Update:
General update: 09-12-2017 00:37

Espalhe por ai:

FacebookTwitterYoutubeLinkedin

GESTANTES EM SANTOS NÃO ESTÃO TENDO ATENDIMENTO ADEQUADO

Gestantes que utilizam o atendimento pré-natal da Unidade Básica de Saúde do Campo Grande reclamam que o aparelho sonar fetal, que detecta e reproduz o 
som dos batimentos cardíacos, apresenta defeito, reproduzindo chiados.
Segundo relatos, o ultrassom morfológico, capaz de identificar precocemente problemas de má-formação também não está sendo utilizado na rede pública.
Essas deficiências no atendimento estão gerando transtornos e preocupação às pacientes, que ficam inseguras diante de um pré-natal sem a qualidade 
adequada, especialmente depois de tantas evidências de que o Zica Vírus que está ligado diretamente aos casos de microcefalia, motivo pelo qual 
apresento:
1º) Procede a informação que o aparelho sonar fetal apresenta defeito? Caso positivo, quando serão tomadas providências para manutenção ou substituição
no aparelho sonar fetal da UBS do Campo Grande, que está quebrado e impede a audição correta dos batimentos cardíacos do bebê?

2º) As gestantes que não conseguem realizar o exame estão sendo encaminhadas para outras unidades de Saúde? Caso positivo, quais? Caso negativo, por
qual motivo?

3º) O exame de ultrassonografia morfológica, capaz de detectar má-formação do feto, como a microcefalia, por exemplo, ainda está sendo oferecido como 
rotina no exame pré-natal? Caso positivo, onde? Caso negativo, por quê? Pergunta vereador Fabrício Cardoso Oliveira