1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer
Last Update:
General update: 07-06-2022 21:41

Espalhe por ai:

FacebookTwitterYoutubeLinkedin

Asfalto que concessionárias aplicam na Cidade de Santos vem dando problema.

Já não é a primeira vez que venho cobrar o Executivo para que a Lei Complementar 1.018/18, de minha autoria esteja em vigor na cidade. A lei obriga as empresas, concessionárias, permissionárias ou de utilidade pública a realizar reparos, caso venham a ocasionar imperfeições nas vias públicas e sinalização viária de Santos.

Nas últimas semanas temos recebidos fotos e relatos de obras realizadas pela SABESP e Comgás, só para citar algumas, que quebram parte das vias da cidade para realização de obras e reparos, porém quando vão asfaltar novamente a via, utilizam material de baixa qualidade. O resultado é que a rua fica totalmente desnivelada, causando problemas aos veículos e pedestres. Entendo ser necessário que as concessionárias de serviços público realizem reparos para melhorar o atendimento à população.

O que não pode é utilizar material de baixa qualidade, prejudicando as vias. Senhores vereadores e senhoras vereadoras, teve um caso uma vez que foi o fim da picada. A prefeitura havia acabado de fazer o recapeamento asfáltico e sinalizar o solo na Rua Major Santos Silva no bairro do Embaré. Vocês acreditam que 10 dias depois uma concessionária foi ao local, quebrou o piso para reparos e quando terminou a obras, deixou a rua com duas cores de asfalto e com metade da sinalização de solo pintada. Com a lei, essa empresa teria que ser multada e refazer o remendo. Um absurdo isso